O que é valuation e qual a sua importância para os investidores

Conheça o termo “valuation”e porque aprofundar-se no tema pode  te alavancar como profissional !

Formou-se recentemente está em busca qualificação profissional, gostaria de aumentar a sua empregabilidade ou destacar-se no mercado de trabalho, é fundamental aprofundar-se no valuation e estar consciente sobre sua importância para os investidores. 

Para começar, vale a pena retomar qual o conceito. Essa palavra em inglês significa literalmente “avaliação de empresas”, ou seja, é uma área da tesouraria que estrutura o processo de valor de determinado ativo, financeiro ou real.

Em outras palavras, é uma série de técnicas aplicadas para determinar o valor de um ativo qualquer, seja real, seja um imóvel ou até financeiro. Pode ser utilizado para medir o valor de uma ação, de uma dívida, de um debênture… ou ainda o valor total da empresa. 

Com esses apontamentos, fica mais evidente porque o valuation é importante para uma empresa. Vamos falar mais sobre isso no próximo item! 

Qual a importância da valuation? 

Assim, compreender o valor real de uma empresa permite conhecer melhor a organização, explorar os aspectos que a valorizam e amenizar aqueles que a faz valer menos. Dessa maneira, é possível mitigar essas deficiências ao longo do tempo.

O valuation também é extremamente útil para entender o valor de uma empresa historicamente. Permite, sobretudo, traçar o comportamento organizacional ao longo do tempo e construir estratégias futuras. 

Para os investidores, conhecer o valuation é importante para avaliar o montante a ser investido e negociar a participação societária de forma mais justa e igualitária. 

Como fazer valuation? Métodos para cálculo

Retomando, valuation é processo dentro da área de finanças onde se estrutura o processo de estabelecer o valor de determinado ativo, financeiro ou real. É importante de diversas formas, mas essencialmente, para estabelecer parâmetros de investimento e participação societária.

Existem métodos para o cálculo do valuation, no entanto, vamos utilizar como exemplo o fluxo de caixa descontado. De uma maneira muito simplista, esse termo relaciona o valor do ativo ao valor da previsão de quanto vai entrar de dinheiro na empresa nos próximos anos. 

Esse cálculo é feito com base no valor do fluxo de caixa futuro descontada uma taxa representativa do risco do investimento. Fora isso, consideram-se algumas variações como grau de risco: fluxos de caixa maiores e mais estáveis valem mais do que menores e mais voláteis. 

Assim, para calcularmos o valuation pelo método do fluxo de caixa descontado são utilizadas premissas como: 

  • Portfólio atual; 
  • Praça; 
  • Desenvolvimento e lançamento de novos produtos; 
  • Canais de vendas; 
  • Despesas de comercialização e de propaganda; 
  • Previsão da inflação futura; 
  • Taxa de desconto. 

Desse total encontrado, subtrai-se o investimento inicial e, assim, chegamos ao chamado valor presente líquido. Fora isso, é fundamental considerar taxa de crescimento. Esse parâmetro é essencial, especialmente, para as startups em fase de escalabilidade. Em empresas de tecnologia, essa variável é principal responsável pela valorização da empresa.

Fórmula para cálculo do valuation

Para calcular o valuation uma das fórmulas é a seguinte:

Va = Fc1 + Fc2 + Fc3 + … + Fcn + Fc (1+g) (-) Inv0 (1+i)1 (1+i)2 (1+i)3 (1+i)n (i – g)

Va = Valuation

Fcn = Fluxos de caixa, em cada período projetado

i = taxa de desconto, ou custo do capital

n = número de períodos

g = taxa de crescimento

Inv0 = investimento inicial (na data zero).

É válido ter em mente de que tudo que foi dito nesse post é uma visão muito simplista sobre o assunto. Em suma, serviu apenas como uma pincelada para o complexo assunto da valuation. É necessário entrar mais a fundo nesse tema para compreender todas as nuances que o cercam. 

Em linhas gerais, ter conhecimento sobre como calcular o valor de uma empresa é uma das maneiras de melhorar o currículo e aprofundar os seus conhecimentos na área em que atua. Qualquer profissional da área de tesouraria precisa apostar na capacitação. 

Se você pretende destacar-se no mercado, o MBA EAD Gestão de Tesouraria Corporativa da Fundace é um passo estratégico rumo a esse objetivo. É o caminho para conhecer o funcionamento do mercado financeiro, as análises necessárias, como compilar informações e quais ferramentas utilizar são diferenciais na hora de destacar-se nos processos seletivos.

 Fora isso, especializar-se em gestão de tesouraria é fundamental para controle do fluxo de caixa e decisões estratégicas. Além disso, conta com um módulo dedicado à avaliação de investimentos para você se aprofundar nesse conhecimento! A opção certa para quer ingressar na área e destacar-se no mercado de trabalho! 

O que acha de aproveitar a pandemia e começar um MBA EAD Gestão de Tesouraria Corporativa para tornar-se um profissional ainda mais desejado pelo mercado?

Compartilhe

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.