Conheça as principais competências gerenciais para se tornar um bom gestor

Desenvolver competências gerenciais do século XXI é o que te diferencia entre ser um simples chefe e um verdadeiro líder. Entenda mais! 

A liderança mudou nos últimos anos. Antes as empresas apostavam em uma organização hierárquica, onde as ordens eram dadas e os funcionários seguiam sem questionar. 

Hoje em dia, ser um bom gestor envolve escutar seus colaboradores, contribuir para sua evolução profissional, ter empatia e discernimento na hora de propor soluções em nome de um bem coletivo.

Essas habilidades são as competências gerenciais do século XXI e consideradas essenciais para destacar-se como gestor. São, em suma, atitudes fundamentais para acrescentar valor tanto no seu próprio desenvolvimento quanto no da empresa. 

Fique até o final do texto e descubra como organização, liderança, comunicação, proatividade, trabalho em equipe e empatia farão diferença na sua carreira como gestor. 

Quais são as principais competências gerenciais?

Separamos abaixo quais são as principais competências gerenciais e o porquê cada uma delas é importante. 

Organização

Estruturar os processos, conduzir as etapas e certificar-se de que os colaboradores estão evoluindo são atividades fundamentais para função de gestor. Isso requer organização. 

Desenvolver essa capacidade gerencial é fundamental para extrair o melhor da sua equipe, acompanhar de perto o atingimento das metas e prever possíveis atrasos nas entregas. 

 Liderança 

Chefes cobram resultados, líderes inspiram as equipes a dar o melhor de si. Essa é a grande diferença e o que faz com que a habilidade de liderança seja uma das requisitadas em um bom gestor. 

Um líder aponta caminhos, guia processos de evolução pessoal, motiva, escuta com atenção e é um exemplo para todos ao seu redor. A sua principal atribuição é construir uma boa relação com a equipe.

Comunicação 

Peter Drucker, o “pai” da administração moderna, já dizia: 60% dos problemas administrativos são causados por uma comunicação ineficaz. Por isso, um gestor necessita transmitir as informações de maneira clara e assertiva. 

Isso não apenas para que todo o time saiba quais são suas demandas, como também para evidenciar quais precisam ser cumpridas no dia a dia e construir laços de confiança entre todos. 

Trabalho em equipe 

Ou seja, uma boa comunicação influencia o relacionamento entre os colaboradores, o que pode fazer toda a diferença nas atividades desenvolvidas pela equipe.

Estimular o trabalho colaborativo, com foco na realização de objetivos e em relações interpessoais saudáveis é uma competência gerencial fundamental para ser um gestor.  Por isso, as empresas buscam perfis profissionais que saibam gerenciar essa habilidade.

Proatividade 

Assumir responsabilidade nas decisões tomadas, antevendo situações e esforçando-se para atingir um resultado e fazer algo acontecer. Essa é a definição de proatividade. 

Um gestor precisa ser proativo tanto para antecipar tendências quanto para fazer com que a empresa acompanhe o ritmo do mercado. Essa é uma das competências gerenciais mais requisitadas o que inclui buscar constante atualização profissional. 

Empatia 

Nos últimos anos, tem-se falado bastante de empatia que é em síntese a capacidade de se colocar no lugar do outro. Essa é uma competência gerencial importante para ser um bom gestor. 

Posicionar-se como um líder empático ajuda no relacionamento com a equipe. Isso acarreta motivação e na produtividade além das melhorias na comunicação e nas entregas.

Como desenvolver o perfil de gestor? 

Se você analisar, todas essas competências gerenciais estão interligadas e utilizá-las de forma holística no desempenho do cargo de gestor é a garantia de ser bem-sucedido na profissão.

Ter empatia e uma boa comunicação contribui para um trabalho em equipe bem executado. Organização e proatividade proporcionam o ambiente perfeito para desenvolver a liderança. 

Todas essas habilidades citadas são chamadas de soft skills e são decorrentes do desenvolvimento pessoal. Por isso, além do conhecimento técnico, é importante investir em como ampliá-las. Uma das maneiras de se fazer isso é fazendo um MBA Fundace! 

Confira  aqui mais detalhes sobre o MBA EaD Gestão Estratégica e aprofunde seus conhecimentos, alavanque sua carreira e ganhe destaque no mercado de trabalho!

Compartilhe

Deixe uma resposta