Descubra como saber se uma pós é reconhecida pelo MEC

Antes de matricular-se em uma pós-graduação, descubra como saber se uma pós é reconhecida pelo MEC. Veja aqui!

Verdade seja dita: nunca existiu tanta pós-graduação lato sensu como atualmente. E, com essa oferta maior, o Ministério da Educação e Cultura (MEC) juntamente como o Conselho Nacional de Educação (CNE) seguem os protocolos dispostos no § 1º do art. 80 da Lei 9.394, de 1996. 

Por isso, antes de matricular-se em qualquer pós-graduação, é essencial verificar se a instituição de ensino (IES) tem o aval do MEC para oferecer o curso. É uma questão muito importante, afinal, apenas assim seu certificado de conclusão de curso terá validade e será reconhecido pelo mercado. 

Aqui nesse post, vamos mostrar mais detalhes sobre como saber se uma pós é reconhecidaa pelo MEC e como descobrir se o curso que você pretende fazer possui essa autorização. Vamos lá. 

Como saber se uma pós é reconhecida pelo MEC?

1)Verifique se a instituição é a responsável pelo curso 

Os cursos de pós-graduação precisam ser oferecidos por instituições de ensino superior já credenciadas, as quais são diretamente responsável pelo 

projeto pedagógico, corpo docente, metodologia, etc. Ou seja, a IES credenciada não pode simplesmente “validar” o certificado nem delegar essa atribuição a outra entidade. 

1)Investigue o corpo docente 

Para que um certificado de uma instituição tenha validade, o corpo docente precisa ser constituído, necessariamente por, pelo menos, por 50% de professores portadores de título de mestre ou de doutor obtidos em 

programa de pós-graduação stricto sensu reconhecido. Os outros docentes precisam possuir, no mínimo, também formação em nível de especialização. 

2)Analise a carga horária 

Os cursos têm que oferecer uma carga horária mínima de 360 (trezentos e sessenta) horas e, obrigatoriamente, a elaboração de monografia ou TCC para certificar a conclusão. Para verificar essa informação, é possível consultar o projeto pedagógico da pós-graduação diretamente na IES. Assim como a relação dos professores efetivos de cada disciplina prevista no projeto pedagógico, com a respectiva titulação. 

3)Pós-graduação EAD precisa de provas presenciais

Os cursos à distância são obrigados a realizar provas presenciais e defesa presencial de monografia ou trabalho de conclusão de curso; Além disso, 

apenas os alunos que tiverem obtido aproveitamento, segundo os critérios de avaliação pré-estabelecido, e frequentado, pelo menos, 75% (setenta e cinco por cento) de frequência da parte presencial terão direito ao certificado. 

4)Confira o recredenciamento 

Como funciona o processo: para iniciar suas atividades, as IES devem solicitar o credenciamento junto ao MEC, cujo prazo máximo são de três anos, para faculdades e centros universitários, e de cinco anos, para as universidades. Depois disso, a IES precisa realizar um recredenciamento ao final de cada ciclo avaliativo. Esteja atento a isso também. Para saber se uma instituição ainda é credenciada, consulte a página do e-mec.

5) Dica extra: esteja de olho na reputação 

A Universidade de São Paulo (USP) é uma das universidades mais renomadas do Brasil, presente em diversas listas internacionais quando o assunto é educação e pesquisa. Por isso, culturalmente, a USP já se estabeleceu como uma instituição de confiança que forma profissionais preparados para lidar com suas respectivas áreas de trabalho.

Conferir a reputação da instituição perante o mercado e a sociedade é uma maneira eficaz de conferir se a pós-graduação será reconhecida pelo MEC e, mais do que isso, terá valor. O MBA USP, por exemplo, é um título que engrandece qualquer currículo, podendo facilitar o seu acesso à melhorar oportunidades de trabalho ou a uma mudança de posição.

O que acha de dar uma olhada e conferir quais as opções de cursos disponíveis? Entre aqui, conheça detalhes dos MBAs  e encontre os mais adequados para você!

Compartilhe

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.