5 etapas de planejamento estratégico que todo gestor deve saber

Planejamento estratégico

Conheça aqui nesse conteúdo cinco estratégias que todo gestor deve saber e aplicar na sua empresa. Leia mais! 

O planejamento estratégico é essencial para o sucesso de qualquer empresa. Frederick W. Smith fundou a FedEx e é considerado como um dos 50 maiores líderes do mundo pela revista Forbes. Uma das suas citações mais famosas diz: “Um gestor não é a pessoa capaz de fazer o trabalho melhor que a sua equipe, é a pessoa que consegue fazer com que a sua equipe faça o melhor possível”. 

Ser um bom gestor inclui saber liderar e engajar a equipe. No entanto, ser um ótimo gestor vai além de um mero conceito. Praticar a liderança de forma inspiradora, coerente e humana são algumas habilidades fundamentais. 

Porém, planejar de forma assertiva é a verdadeira diferença entre um gestor comum e os aqueles que atingem o sucesso. 

Aqui nesse post, vamos falar sobre cinco estratégias de planejamento que todo gestor precisa saber para conseguir desempenhar suas funções com maestria. 

Vamos lá. 

05 etapas de planejamento estratégico que todo gestor deve saber

1)Análise do mercado 

Criar oportunidades de melhoria para o produto ou serviço é uma das principais missões de um gestor dentro de uma empresa. Para isso, é necessário conhecer o seu mercado a fundo e isso só pode ser feito por meio de análises. Vejam quais são as quatro principais e o que deve-se ser mapeado em cada uma delas. 

Análise setorial: identifica o tamanho do negócio e o comportamento do setor nos últimos anos. Permite conhecer novos mercados e realizar reestruturações.

Análise do segmento de mercado: características do mercado-alvo do negócio. Inclui entender a dinâmica da oferta/procura e criar diferenciais para o produto destacar-se. 

Análise da concorrência: consiste em avaliar os produtos e serviços e dimensionar o potencial da concorrência. 

2) Definição dos pilares 

Planejamento estratégico
Conheça nosso curso de Gestão Estratégica!

Com os dados das análises do mercado, está na hora de olhar para dentro de casa. Ouvir os colaboradores de diferentes áreas é um bom começo. Munido dessas informações, fica mais fácil definir quais são os pilares, a razão do sucesso e o que a empresa quer ser a partir de então.

Uma dica é sintetizar a proposta de valor em uma visão simples. Isso facilita na  visualização dos próximos passos, avaliar o seu core business, identificar as adjacências, apostar na disrupção e na construção de uma proposta de valor absolutamente diferenciada.  

3) Balanced Scorecard 

Um dos princípios do Balanced Scorecard é de que as empresas precisam considerar outras perspectivas, além das contábeis, para traçar os próximos passos  e avaliar o desempenho de forma objetiva e eficaz.

Assim, o planejamento estratégico com base nesse conceito estabelece metas tanto para as equipe quanto para cada um dentro delas, além de planejar, alocar recursos, orientar todas as fases do seu negócio e reduzir os erros – drasticamente.

Dessa forma, estimular a cultura de treinamento e aprendizado, alinhar indicadores com objetivos estratégicos, colocar em prática os planos de ações e promover ajustes são alguns benefícios de aplicar essa metodologia. 

4) Ciclo PDCA 

Conceito do Ciclo PDCA (Plan, Do, Check, Act) é ajudar a entender como um problema surge e como deve ser solucionado. Dessa forma, consegue-se identificar uma oportunidade de melhoria e a partir disso, definir ações para promover as mudanças necessárias.

Desse modo, espera-se que os resultados sejam atingidos com mais qualidade e eficiência. Lembrando de que tanto o PDCA quanto a gestão estratégica partem do pressuposto de que o planejamento não é algo imutável.

5) 5W2H 

A sigla é formada pelas iniciais, em inglês, das diretrizes what (o que será feito?), why (por que será feito?), where (onde será feito?), when (quando será feito?), who (por quem será feito?), how (como será feito?) e 

how much (quanto vai custar?). 

Ou seja, a metodologia 5W2H é formada pelas respostas para essas sete perguntas essenciais o que orienta a construção de qualquer planejamento, seja de um projeto ou de uma área inteira. Assim como a definição de tarefas. 

Então, essas são cinco estratégias utilizadas para levantar informações sobre a competitividade da empresa, recursos disponíveis, ameaças, oportunidades, dentre outros aspectos importantes. Dessa forma, a corporação pode basear-se no plano estratégico para conseguir gerenciar os recursos de uma organização. 

O que acha de começar uma especialização em gestão estratégica e tornar-se um profissional desejado pelo mercado? Entre aqui e conheça o nosso curso!

Compartilhe

Deixe uma resposta