Canais de Vendas: como escolher os melhores para o seu negócio?

Os canais de vendas são a forma que os produtos e serviços são oferecidos aos clientes. Em outras palavras, é a escolha do local ou da plataforma que as pessoas podem conhecer e realizar a compra. Um bom exemplo desse canal é a loja física. Só que muitas pessoas confundem esse conceito com canais de divulgação. Esse último é o local em que o mix vai ser divulgado, não necessariamente onde será vendido.

Existem muitos canais que a empresa pode implementar, tanto online quanto offline. A escolha dos mais efetivos pode ser um grande desafio. Se você conhece a persona e o funcionamento de cada canal de venda, o trabalho torna-se mais rápido e assertivo. Vale ressaltar que a boa gestão desses canais é crucial para otimizar os resultados do negócio.

Portanto, continue a leitura que vamos explicar cada um deles e ajudar a identificar qual o melhor para seu negócio!

Quais são os principais canais de vendas online?

Existem várias opções de canais de vendas que você pode adotar no seu negócio online. Separamos os seis principais para demonstrar suas aplicações e funcionalidades. Vamos lá?

Google Adwords

Essa é uma estratégia de marketing digital muito utilizada na atualidade por oferecer melhores retornos financeiros. A ferramenta permite patrocinar links de publicidade no Google. Assim, com uma simples pesquisa de palavra-chave, o seu produto aparece no topo da lista de resultados de pesquisas. Esse canal de venda é usado pelos clientes que já tem a intenção de compra e estão pesquisando em qual empresa é melhor adquirir.

E-mail marketing

Quando você já tem uma base de leads de seus clientes, você consegue segmentá-la de acordo com o estágio do funil que cada um se encontra. Assim, você pode personalizar a mensagem adequada para cada jornada do comprador e enviá-la por e-mail. Nesse canal de venda você pode informar detalhes e vantagens de um produto, novidades da loja e outras informações relevantes.

Marketplace

É uma plataforma digital que funciona como um catálogo, no qual os anunciantes cadastram a oferta dos seus produtos e serviços. Caso efetue uma venda, alguns sites cobram uma comissão, de acordo com o pacote de serviços contratado pelo anunciante. Esses pacotes variam conforme a visibilidade que você definir para cada produto.

São inúmeras as vantagens de adotar esse canal de venda, mas o principal é que você consegue escalar as vendas. Também consegue passar confiança aos consumidores, já que seu produto vai ficar visível em uma plataforma do mercado digital. Outra vantagem é que a intermediação fica por conta do marketplace, então você consegue focar em se diferenciar de seus concorrentes.

E-commerce

É uma loja online que vende produtos ou serviços de uma empresa, funcionando como um comércio eletrônico. Esse canal de venda permite que você personalize o site de acordo suas estratégias de negociação. Você tem a liberdade de exibir os produtos, divulgar promoções, informar a forma de pagamento, dentre outras.

O e-commerce precisa que você gaste mais tempo no gerenciamento para conseguir escalar o negócio. Além de adotar estratégias de divulgação e diferenciar a sua empresa dos concorrentes. Mas, esse canal de venda tem grande potencial de crescimento, pois já existem muitos negócios de sucesso que adotam essa estratégia.

Afiliados

É um canal de venda que você anuncia seu produto e serviço em sites, blogs e redes sociais de terceiros. Geralmente, esse terceiro é um influencer que troca a divulgação por comissões de vendas. O programa de afiliados é mais indicado para quem comercializa produtos ou serviços digitais, pois apresenta baixo custo de divulgação.

Você pode encontrar os afiliados em plataformas digitais gratuitas, como a Hotmart. Ela funciona como uma intermediadora das empresas com os afiliados. Você precisa fazer o cadastro dos seus produtos na plataforma dela, que vai gerar os links de divulgação e disponibilizar para os afiliados. Quando a venda for realizada pelo link, a plataforma efetua o pagamento da comissão ao afiliado e cobra de você.

Redes sociais

Atualmente as pessoas estão sempre conectadas ao celular e ao computador. Dessa forma, as redes sociais assumiram um papel importantíssimo nas relações pessoais e de trabalho. Sendo assim, as empresas viram o enorme potencial das redes sociais como um canal de venda e para a divulgação de produtos e serviços.

O Facebook e o Instagram já adaptaram suas plataformas para oferecerem essas opções de venda. No Facebook, a empresa pode comercializar pela própria página e também conta com a opção de marketplace. Já no Instagram, você cria um perfil corporativo, assim consegue informar o preço nas fotos de divulgação. Com isso, direciona o cliente para a página de compra.

Quais são os principais canais de vendas físicos?

Agora que você conhece os canais de vendas online, chegou o momento de conhecer os físicos também. Muitos clientes gostam de “pegar” ou experimentar os produtos antes de comprar. Já quem vai adquirir um serviço, só tem confiança em fechar o negócio depois de conversar pessoalmente com um especialista.

Se você quer oferecer também essa modalidade aos seus clientes, confira abaixo as principais opções!

Loja própria

Como o próprio nome diz, esse canal de venda é uma loja física própria do seu negócio. Ela é uma excelente aliada para reforçar a sua marca, além de ter a liberdade de fazer promoções e engajar seus clientes. A loja física intensifica a experiência de compra, convida o consumidor a experimentar ou conhecer e, posteriormente, a comprar!

A sua desvantagem é que demanda de grande investimento, só que, bem planejado, traz bons resultados no médio e longo prazo. Contar com uma excelente localização, disposição dos produtos, atendimento de qualidade e design de ambiente pode ajudar a alcançar mais rápido esses resultados. Além disso, adotar estratégias de marketing também é interessante para atrair e convencer os clientes.

Franquia

Esse canal de venda é muito utilizado por empresas que já estão estabelecidas do mercado e querem expandir. Dessa forma, você consegue que sua marca amplie em mais regiões e difunda o seu modelo de negócio. Mas afinal, o que é franquia? É quando você dá permissão para um franqueado abrir uma unidade do seu negócio e vender seu produto ou serviço.

Isso acontece, quando você cede os direitos de utilização da marca e fornece o conhecimento operacional do negócio. Ou seja, fornece os sistemas de gestão, pacotes de mídia, produtos e/ou serviços, dentre outros. Só que isso tudo é fornecido em troca do pagamento da taxa de franquia e os royalties.

Distribuidores

O distribuidor é um canal de venda diferenciado, pois ele faz a intermediação entre a marca e o consumidor. Em outras palavras, ele revende os produtos dessas marcas para os clientes finais. Para isso, o distribuidor precisa contar com um estoque grande de produtos disponíveis para oferecer.

É muito comum acontecer com a venda de veículos, pois as grandes marcas repassam os carros às concessionárias para realizarem a comercialização. Essa é uma boa opção de escalar as vendas, se for bem acordada com o distribuidor. Ele realiza todo o processo de venda dos produtos e é comissionado por isso.

Como você pode perceber, a escolha do canal de venda adequado para seu negócio traz inúmeras vantagens. Se você já vende um produto ou está começando agora, esse é o passo principal para ter sucesso. E, optar por combinar mais de um canal de venda (online e offline) pode ser interessante para expansão da marca.

Continue sempre buscando mais conhecimento e acompanhe as tendências do mercado para alavancar seus resultados! Inscreva-se no curso MBA Gestão em Vendas!

Compartilhe

Deixe uma resposta