A importância do gerenciamento de riscos em um projeto

O gerenciamento de riscos se tornou cada vez mais essencial para que empresas alcancem sucesso organizacional.

O principal objetivo do gerenciamento de riscos proativo é identificar e aumentar a probabilidade e o impacto das oportunidades e diminuir a probabilidade e o impacto das ameaças dos projetos. Dessa forma, a empresa vai poder se planejar para saná-los, tornando os projetos mais eficazes.

O gerenciamento de riscos é fundamental para qualquer projeto de sucesso. Os principais riscos envolvem perdas e incertezas, e todo projeto apresenta algum risco. Caso esses riscos se concretizem durante a execução do projeto, isso vai causar aumento de custos e atraso nos cronogramas.

Como tratar os riscos de um projeto?

A primeira coisa a se fazer é planejar o gerenciamento de riscos. A empresa precisa saber como vai encontrar esses riscos, a fim de se preparar para tomar decisões.

A partir daí, os analistas devem identificar os riscos de cada projeto e qualificá-los por meio de duas análises:

Análise quantitativa – Apresenta o impacto de dinheiro e tempo que os riscos podem causar ao projeto. Essa análise fornece dias, números, valores e horas que a empresa vai ter, caso os riscos venham a ocorrer.

Análise qualitativa – Essa análise prioriza os riscos. Assim, os analistas vão dar mais atenção aos que têm maior probabilidade de acontecer e vão causar grandes impactos aos projetos.

Em resumo, a empresa planeja, identifica e qualifica os riscos por meio do gerenciamento. A partir daí, a execução do projeto é iniciada. É importante lembrar que durante a execução dos projetos, novos riscos podem aparecer. Portanto, é fundamental manter o gerenciamento de riscos constante durante todas as etapas do projeto.

Etapas do Gerenciamento de riscos

O gerenciamento de riscos se tornou muito importante na gestão de projetos, principalmente nas empresas que possuem vários projetos ao mesmo tempo.

Os gerentes e analistas de projetos devem planejar suas estratégias com base em 4 etapas:

  1. Identificação de riscos
  2. Quantificação de riscos
  3. Respostas aos riscos
  4. Controle e monitoramento de riscos

Identificação de Riscos

Identificar e nomear os riscos que podem ocorrer durante a execução de um projeto é uma tarefa complexa. Mas, eles podem ser identificados por meio de estratégias ou brainstorming.

Os principais riscos que afetam um projeto são de fornecedor, orçamento e recursos.

O risco de fornecedor refere-se ao atraso de entrega de matéria-prima. O risco de orçamento ocorre quando os custos ficam maiores do que os orçados. Já o risco de recursos é referente ao RH, tanto em termos quantitativos, quanto se qualificados para o projeto.

Quantificação de Riscos

A segunda etapa do gerenciamento de riscos é a quantificação de riscos. Nessa fase, os gerentes e analistas avaliam os riscos com base numa matriz dividida em 4 categorias: baixa, média, alta ou crítica.

Os parâmetros dessa matriz são a probabilidade de ocorrência e o impacto sobre o projeto que vão de 1 a 4, conforme modelo abaixo:

Num exemplo prático, se a probabilidade de acontecer um risco for alta (probabilidade = 3), caso ele venha a ocorrer, seu impacto será elevado (impacto = 4) e os analistas deverão considerar que esse risco deve ser classificado como crítico.

Respostas aos Riscos

Em se tratando do gerenciamento de riscos, os gerentes, analistas e especialistas de projeto devem avaliar as melhores estratégias de resposta ao risco. Por exemplo, quando o risco é negativo, a equipe pode escolher:

  • Evitar o risco;
  • Aceitar ou reconhecer o risco;
  • Tomar medidas proativas e corretivas, a fim de reduzir o impacto do risco.

Controle e monitoramento de riscos

É fundamental controlar e monitorar os riscos constantemente, pois tanto a probabilidade como o impacto podem sofrer alterações no decorrer do projeto.

Além disso, novos riscos podem ser identificados durante o projeto, por meio de mecanismos de avaliação e monitoramento constantes.

No gerenciamento de riscos, toda equipe envolvida no planejamento deve saber identificar e compreender os riscos dos projetos. Se cada membro identificar um risco, é importante que seja consolidado numa única lista, para remover as duplicidades.

É importante durante o planejamento do processo de gerenciamento de riscos, cada membro da equipe ficar responsável por um ou mais riscos. E cada membro deve registrar todas as informações, para que todos tenham acesso aos dados.

Importância do Gerenciamento de Riscos

O gerenciamento de riscos efetivo identifica os pontos fracos, fortes, ameaças e oportunidades dos projetos. Ele contribui para o sucesso do projeto, pois estabelece tanto os riscos externos, quanto os internos.

A partir daí, os projetos terão mais sucesso por meio da redução e eliminação dos riscos negativos. Assim, com o gerenciamento de riscos, a empresa vai minimizar as despesas e maximizar os lucros.

Ao avaliar se o projeto foi bem-sucedido ou não, é de grande importância para que nos próximos projetos sejam feitos ajustes e os impactos negativos sejam reduzidos.

É fundamental se comprometer com todos as fases do processo de gerenciamento de riscos. Ao ignorar alguma etapa, os efeitos podem ser prejudiciais na entrega do projeto.

Regras do Gerenciamento de Riscos

Em resumo, a aplicação do gerenciamento de riscos nos projetos minimiza o impacto de ameaças, maximizando as oportunidades. Com isso, será possível entregar o projeto dentro do orçamento, com qualidade e no prazo acertado.

Aplique as 10 regras do gerenciamento de riscos para garantir sucesso nos projetos:

  1. Incorpore o gerenciamento de riscos como parte do projeto;
  2. Identifique no início os riscos do projeto;
  3. Todos envolvidos precisam saber sobre os riscos;
  4. Considere as oportunidades e as ameaças;
  5. Atribua um risco para membro da equipe;
  6. Analise os riscos em seus diferentes níveis;
  7. Priorize os riscos mais eminentes e graves;
  8. Planeje e implemente respostas aos riscos;
  9. Faça o registro dos riscos para que todos visualizem o progresso;
  10. Controle as atividades relacionadas com os riscos.

Quer saber mais sobre o gerenciamento de riscos num projeto? Matricule-se no MBA Gestão de Projetos Inovadores.

Compartilhe

Deixe uma resposta