Balanced Scorecard: Como usá-lo no planejamento estratégico

O mundo dos negócios exige cada vez mais das empresas. A alta concorrência, a busca pela satisfação dos clientes e a necessidade de aprimorar os processos produtivos obrigam as empresas usarem ferramentas e metodologias que as ajudem no seu planejamento estratégico, a fim de atingir sucesso. Há diversas ferramentas de planejamento estratégico: matriz SWOT, técnica SMART e o Balanced Scorecard (BSC).

As empresas entendem que precisam investir no gerenciamento de boas ferramentas como o Balanced Scorecard para alcançarem seus objetivos.

Onde surgiu o Balanced Scorecard?

O Balanced Scorecard (BSC) foi criado em 1992 pelos professores da Harvard Business School, Robert Kaplan e David Norton.

Kaplan e Norton publicaram o artigo O Balanced Scorecard: Medidas que impulsionam o desempenho. No artigo, os professores apresentaram essa ferramenta como uma maneira de definir objetivos e medir resultados, por meio de diversos tipos de indicadores.

Esse artigo revolucionou o mundo empresarial, pois trazia uma visão inovadora e ampla para medir o desempenho das empresas, e ao mesmo tempo, planejar e definir estratégias de maneira mais abrangente. Os sistemas tradicionais eram muito engessados e focados apenas no resultado financeiro.

O conceito de Balanced Scorecard

O Balanced Scorecard é uma metodologia de performance organizacional e mensuração de resultados por meio de estratégia em objetivos, metas, indicadores e iniciativas.

Um dos princípios do Balanced Scorecard é que as empresas precisam considerar outras perspectivas, além das contábeis para realizar o planejamento estratégico e avaliar o desempenho de forma objetiva e eficaz.

O planejamento estratégico com base no Balanced Scorecard estabelece metas para equipe e individuais, planeja, aloca recursos e orienta todas as fases do seu negócio, reduzindo os erros drasticamente.

Os principais benefícios do Balanced Scorecard são:

  • Estimular a cultura de treinamento e aprendizado.
  • Alinhar indicadores com objetivos estratégicos.
  • Colocar em prática os planos de ações e promover ajustes.
  • Monitorar, direcionar e medir ações.
  • Melhorar a comunicação e favorecer o feedback entre as equipes.
  • Melhorar a qualidade, desempenho e resultados.

As 4 perspectivas do Balanced Scorecard

O Balanced Scorecard possui 5 conceitos que vão definir todo o planejamento estratégico.

Objetivos – São os objetivos que a empresa deseja alcançar a médio e longo prazo.

Indicadores – São nos indicadores de desempenho que vão medir cada objetivo traçado.

Metas – são metas de performance para alcançar os objetivos em função dos indicadores.

Plano de ação – É o conjunto de iniciativas, medidas, ações necessárias que deverão ser tomadas para atingir as metas de performance determinadas.

Pensando nesses conceitos, a empresa deve desenvolver o mapa estratégico contendo as 4 perspectivas estratégicas do Balanced Scorecard:

  1. Perspectiva Financeira
  2. Perspectiva do Mercado
  3. Perspectiva de Processos Internos
  4. Perspectiva de Aprendizado

Essas 4 perspectivas precisam ser definidas e devidamente acompanhadas e mensuradas. Conheça mais sobre cada uma.

1. Perspectiva Financeira

A primeira pergunta que você precisa fazer aqui é: Como nós vemos o nosso negócio e como os acionistas nos veem?

Defina objetivos financeiros para satisfazer os acionistas, tanto a médio quanto a longo prazo e crie um plano de ação atrelado aos processos financeiros.

É importante pensar além do lucro, com a perspectiva financeira você pode medir sua empresa pelo aumento do valor junto aos acionistas e seu crescimento.

Lembre-se que a maior satisfação dos clientes internos e externos leva a melhores resultados financeiros.

2 – Perspectiva do Mercado

Aqui, você deve se perguntar: como os clientes veem sua empresa? Quais as necessidades dos seus clientes que você precisa atender?

É importante analisar a participação de mercado, retenção de clientes, captação de clientes, satisfação dos clientes e a rentabilidade do cliente.

Você precisa pensar em quais características o público é atraído: qualidade, preço, funcionalidade e de que forma sua relação com ele pode ser melhorada.

Quando se tem os melhores processos, é possível conduzir os clientes a ficarem mais satisfeitos.

3 – Perspectivas dos Processos Internos

Pergunte-se quais processos internos podem ser melhorados para satisfazer clientes internos e externos.

Nessa perspectiva, é importante analisar custo e tempo de desenvolvimento, tecnologia e produtividade para melhorar os processos e reparar os danos.

Segundo Kaplan, há 3 características fundamentais para essa perspectiva: operação, inovação e pós-venda.

Lembre-se que funcionários e colaboradores motivados, treinados e capacitados melhoram os processos internos.

4- Perspectiva de Aprendizado

A quarta perspectiva do Balanced Scorecard deve responder às seguintes perguntas: como a empresa precisa aprender e inovar para atingir as metas? Como a empresa pode crescer e criar um valor de mercado?

Essa perspectiva analisa a satisfação interna dos funcionários. Alguns indicadores são fundamentais nessa perspectiva: treinamento, capacitação, engajamento, satisfação e rotatividade.

As habilidades e conhecimentos dos colaboradores são essenciais para melhorias e inovações.

Cuidados ao implantar o Balanced Scorecard

O Balanced Scorecard é uma metodologia flexível e pode ser adaptado a diferentes mercados. Mas é importante que as empresas tenham certos cuidados ao implantar o BSC:

  • O alto escalão da empresa precisa estar engajado para que o BSC funcione.
  • Essa metodologia é meio, que ajuda no planejamento estratégico, mas não o constrói.
  • Treine todos os funcionários, pois sem treinamento não é possível mudar.
  • Analise os indicadores meticulosamente para não obter informações imprecisas.

A implantação do Balanced Scorecard vai trazer muitos benefícios para sua empresa. Para garantir bons resultados, é fundamental atrelar o BSC a um ótimo planejamento estratégico.Quer saber mais sobre Balanced Scorecard e como implantá-lo no seu negócio? Conheça o MBA EAD Gestão Estratégica da Fundace.

Compartilhe

Deixe uma resposta