Brand Equity: O que é e como usá-lo no marketing digital

Muitas empresas não conhecem o conceito de Brand Equity, mas ele é um dos responsáveis pela liderança e sucesso de grandes marcas. O atual cenário da economia brasileira e mundial, em que a concorrência é acirrada, marcas que não agregam valores aos seus produtos, serviços ou soluções possuem mais chances de fracassarem.

Mas afinal, o que é Brand Equity?

Antes de definirmos Brand Equity, você precisa conhecer o conceito de marca.

Você já percebeu que o mesmo produto de diferentes empresas tem percepção diversa por parte dos consumidores?

Essa percepção é quando a marca está estabelecida no mercado, por meio da experiência de vários consumidores com seus produtos ou serviços. A partir daí, muitas vezes, a marca de uma empresa é associada ao nome do produto. Há muitos exemplos: Bombril, em vez de palha de aço; Leite de Moça em vez de leite condensado, Confort em vez de amaciante de roupa, etc.

O brand equity envolve toda a experiência que o consumidor tem com a marca e de que forma seus valores são entendidos. Ele representa todos os elementos tangíveis ou intangíveis que envolvem o negócio e como eles são percebidos pelos consumidores.

Em outras palavras, quando uma marca tem uma imagem positiva, sua chance aumenta de ter a preferência no momento da compra. E aqui, entra o termo brand equity, que numa tradução simples significa valor de marca ou equidade da marca.

O brand equity é medido por critérios abstratos. É a forma que os clientes encaram sua marca e seu valor agregado aos produtos e serviços. O branding possui o papel de fortalecer uma marca. Dessa forma, quando é feito um bom trabalho de branding ele gera o brand equity, ou seja, quanto mais forte for a imagem da sua empresa, maior será o seu valor de mercado.

A importância do Brand Equity

Quando as marcas são fortes, elas possuem a maior parcela de consumidores, e por consequência têm mais lucros.

Ter uma participação ativa no mercado é o objetivo de todas as empresas. Ao investir na geração de Brand Equity, as marcas desejam conquistar o coração e a mente dos consumidores.

Há 3 fatores importantes que são impactados diretamente pelo Brand Equity:

Percepção de valor dos clientes

Uma marca de sucesso possui boa percepção de valor dos clientes. O Brand Equity tem um grande efeito sobre essa percepção.

Na prática, quando sua marca está forte no mercado, sua empresa pode inovar e ter mais liberdade na tomada de decisões estratégicas, inclusive na atribuição de valores monetários aos produtos, mesmo que fique acima da concorrência.

Essa vantagem competitiva é quando a marca consegue agregar valor aos seus produtos. Por exemplo, você paga muito mais caro numa camiseta das marcas Nike, Adidas ou Puma.

Aos olhos do consumidor, ter um produto de uma marca, que possui determinado valor de mercado, é percebido como uma grande vantagem. Essa é a principal função do brand equity.

Lealdade e fidelização à marca

Um dos maiores desafios da marca é consolidar a lealdade e fidelização dos clientes.

A técnica de brand equity é um dos caminhos mais rápidos para que as marcas conquistem a fidelização do seu público.

Quando o cliente interage pelos canais de comunicação, dá feedback positivos, recomenda sua marca, ele se torna uma espécie de defensor, embaixador da sua empresa.

A consequência imediata é o aumento de lucros no seu negócio, pois esse cliente fiel vai trazer novos clientes.

Essa lealdade é conquistada de forma gradativa por meio de ações de marketing efetivas.

Poder de influência

O mercado engloba vários participantes como consumidores, parceiros, distribuidores, imprensa, concorrentes. Portanto, sua marca não está sozinha nesse cenário.

Além disso, quando o brand equity é trabalhado na marca consegue agregar valor alto aos seus serviços ou produtos e ela ganha a preferência dos consumidores. Ter uma marca forte no mercado, garante que a empresa dite o ritmo e tenha mais poder de influência sobre todos.

A partir daí, as marcas mais fortes lançam tendência de mercado e ajustam preços conforme estratégias de marketing.

Exemplos de Brand Equity

Para entender melhor o papel do Brand Equity, conheça alguns exemplos de empresas que o utilizam com frequência.

Apple

A empresa de Steve Jobs é um dos maiores exemplos de como o Brand Equity faz toda a diferença.

Pessoas fazem filas para comprar os novos modelos no dia do lançamento. Até os nomes dos seus produtos são diferenciados, para criar aquela sensação aos consumidores que eles pertencem a um grupo seleto de pessoas.

Os clientes da Apple não compram um smartphone, eles adquirem um Iphone; eles não compram um tablet, e sim um Ipad; eles não compram um notebook e sim um macbook, etc.

Comparando com os concorrentes, muitas vezes, a Apple nem sempre tem as melhores especificações técnicas. No entanto, o sentimento de exclusividade que a marca apresenta, está relacionado intimamente ao seu valor agregado aos produtos ao longo dos anos.

Atualmente, a Apple é uma das marcas mais valiosas em todo mundo.

Havaianas

Essa empresa é o maior exemplo de Brand Equity no Brasil. Por anos, a marca vendia apenas chinelo de dedo.

Por meio de campanhas publicitárias bem humoradas, e uma mudança de posicionamento da empresa, Havaianas gerou uma identificação direta com os consumidores e seus produtos tornaram um sucesso de vendas no Brasil e no exterior.

No Entanto, hoje em dia, Havaianas é sinônimo de sandálias brasileiras.

Dudalina

Hoje em dia, a Dudalina é uma das marcas mais desejadas e famosas da moda do Brasil.

Por meio de um trabalho de brand equity, a empresa teve seus produtos valorizados e expandiu seus negócios, de uma pequena fábrica em Santa Catarina para uma das marcas mais pirateadas no Brasil.

Seus produtos viraram sinônimo de sofisticação e luxo. Atualmente, há lojas da Dudalina em todo mundo.

Com posicionamento certo, foco em determinado nicho, a Dudalina é mais uma marca que conseguiu que seu público a enxergasse com alto valor de mercado.

Coca Cola

Uma das empresas que possuem o brand equity muito forte. Basta um pedaço da logomarca, que todo mundo consegue identificar a marca.

A empresa fez investimentos pesados no branding, por meio de campanhas publicitárias que atingiam o coração e alma dos clientes. Em primeiro lugar, a empresa não vende seus produtos nos comerciais, ela vende sensações e sentimentos que ao consumir o produto, os consumidores vão vivenciar.

O público comprou essa ideia, e atualmente é uma das marcas que possuem milhões de fãs em todo mundo.
Portanto, quer saber mais Brand Equity e outras técnicas que vão melhorar seu posicionamento no mercado? Faça o MBA EAD Gestão de Marketing Estratégico da Fundace.

Compartilhe

Deixe uma resposta