Quais as diferenças entre MBA Executivo e MBA Tradicional?

Para ser um bom profissional e ter uma carreira de sucesso, é essencial estar sempre atualizado. Por isso, existem muitos tipos de cursos que podem ajudá-lo a aprender mais sobre sua área, a se aprofundar em um determinado assunto e a mudar sua carreira. Já ouviu falar sobre MBA Executivo?

Cursos de pós-graduação, são muito procurados por profissionais que querem repaginar seus conhecimentos. Mas você sabia que existe mais de um tipo de MBA?

Continue a leitura e saiba a diferença entre MBA Executivo e Tradicional!

O que é um MBA?

MBA é um tipo de pós-graduação lato sensu, cuja sigla significa Master in Business Administration – Mestre em Administração de Negócios. A sigla estendida, no entanto, traz duas falsas impressões sobre esse tipo de curso.

Em primeiro lugar, o MBA não qualifica seus alunos como mestres. Depois de entregue o trabalho de conclusão, que costuma ser uma monografia feita individualmente, o aluno recebe o título de especialista.

Além disso, sua especialização não será apenas em Administração de negócios. Cresce cada vez mais o número de MBAs que são focados em temas específicos, como administração, marketing, gestão de vendas etc.

Ainda que dois terços das disciplinas devam ser sobre gestão, não é só isso que um aluno pode aprender nesse tipo de curso. As aulas são voltadas para o mercado de trabalho, procurando trazer sempre situações reais.

Atualmente, os cursos podem ser divididos em dois tipos: MBA executivo e MBA tradicional. Mas quais são as diferenças entre os dois – e como você pode decidir qual é o melhor para sua carreira?

Como funciona o MBA tradicional?

Um MBA Tradicional, também conhecido como MBA Profissional, tem um foco mais técnico e prático para o dia a dia no mercado de trabalho. Ele se baseia na gestão como uma ciência de análise.

O curso se concentra, especialmente, em habilidades funcionais, que o profissional poderá usar em sua rotina: contabilidade, marketing e finanças, por exemplo. Fazendo uso de diversos estudos de caso, o MBA tradicional aplica teorias na prática do profissional.

Normalmente, os alunos têm algum tempo de experiência no mercado de trabalho – de 3 a 5 anos –, mas trazem uma experiência limitada na área de gestão.

Esse é o tipo de MBA mais conhecido e mais comum pelo Brasil. O MBA Executivo, no entanto, tem algumas diferenças.

O que é o MBA Executivo?

Ao contrário do tradicional, que procura ensinar e treinar novas habilidades que possam auxiliar na carreira do profissional, o MBA Executivo é planejado para treinar seus alunos para ocuparem cargos de gestão de nível executivo.

Em vez de ter a gestão como ciência, ele a coloca como prática, misturando ciência e experiência, o ponto de vista adotado nas aulas é o do gerente.

O público-alvo são gerentes com certa experiência e um bom conhecimento de gestão. Normalmente, os alunos têm mais de 10 anos de experiência em suas áreas.

Em sala de aula, eles se sentam em mesas redondas, compartilham sua expertise e visitam frequentemente empresas de todos os ramos para aprender mais sobre o gerenciamento de cada uma.

Como podemos ver, o MBA Executivo é mais focado em gestão, com foco em habilidades necessárias para um executivo – como gestão de pessoas e práticas de liderança –, e não em habilidades gerais necessárias em uma empresa.

O que os dois têm em comum?

Apesar dessas diferenças, o MBA Executivo tem algumas semelhanças com o Tradicional. Em primeiro lugar, o público costuma ter experiência no mercado de trabalho – ou seja, ninguém recém-formado costuma se aventurar nesse tipo de curso.

Por esse exato motivo, os horários dos dois MBAs são compatíveis com uma rotina de trabalho. A maioria oferece aulas noturnas e, muitas vezes, aulas nos sábados e domingos. Isso permite que você conjugue trabalho e estudos da melhor maneira possível.

O processo de seleção e aceite também é semelhante e, na maioria das vezes, seu interesse e perspectivas profissionais contam mais para a instituição do que seu histórico acadêmico. Afinal, ambos os cursos são focados em sua vida profissional.

Qual é o melhor?

Tanto o MBA Executivo quanto o Tradicional trazem muitas vantagens para seus alunos. O mais importante para tomar essa decisão, no entanto, é entender qual dos dois pode trazer mais benefícios para a sua carreira.

Para quem já tem algum tempo de experiência em gerência e quer ocupar cargos de nível executivo na empresa em que trabalha, o MBA Executivo pode ser o ideal.  O MBA Tradicional, por outro lado, pode ser a melhor escolha para quem quer se aprofundar em uma habilidade específica ou até mesmo trocar de área.

Melhore seus conhecimentos com um MBA!

O MBA Executivo não é tão conhecido quanto o tradicional, mas pode ser a melhor oportunidade para profissionais que se encaixam no perfil do curso. De todo modo, ambos são ótimas maneiras de impulsionar sua carreira e ajudar a alcançar suas metas.

Quer saber mais sobre MBA? Acesse o site da Fundace e confira nossos cursos!

Compartilhe

Deixe uma resposta