Conheça aqui as dicas essenciais de como gerenciar uma empresa

É impossível escrever um manual completo de como gerenciar uma empresa. Cada negócio tem suas particularidades, e seria loucura imaginar que uma única fórmula funcionaria em qualquer tipo de empresa.

Porém, todo empresário precisa se atentar a quatro pontos ao pensar em como gerenciar uma empresa, em diferentes níveis: finanças, clientes, espaço e equipe. Afinal, é a partir desses quatro pontos que o negócio existe. E pecar na gestão de um deles pode significar o fim de uma empresa, por mais promissor que o mercado em questão seja.

Separamos para esse artigo algumas dicas de como gerenciar uma empresa, passando por esses quatro itens tão essenciais e críticos para o sucesso. Confira se você está mesmo gerenciando sua empresa da melhor forma a seguir:

4 dicas essenciais de como gerenciar uma empresa

1. Finanças

A gestão financeira é um dos pilares mais fundamentais ao se pensar em como gerenciar uma empresa. E não estamos falando apenas do dinheiro que entra, mas também, e especialmente, do dinheiro que sai.

Seus gastos precisam fazer sentido com a realidade da empresa. Por isso, busque economizar onde for possível, para que possa investir com tranquilidade em áreas que precisam. Procure sempre reduzir nas taxas bancárias, despesas de aluguel e manutenção do escritório.

Em contrapartida, ao pensar em como gerenciar uma empresa, não faça contenções desnecessárias quando o assunto for comprar bons materiais, investir em segurança e pagar bem os seus funcionários!

Não se esqueça de utilizar um bom software para controle financeiro, pois facilita a visualização do seu fluxo de caixa. Além disso, organizar em planilhas pode ser perigoso, pois múltiplos arquivos se perdem e computadores podem sofrer panes.

Manter um controle financeiro escrito à mão? Nem pensar! Além de mais trabalhoso, papéis são facilmente destruídos e rasurados.

2. Clientes

Além de saber como gerenciar uma empresa, conheça bem o seu público-alvo. Se você já tem uma carteira de clientes, faça entrevistas com eles e procure identificar alguns pontos fundamentais da jornada de compra:

  • Como chegaram até a sua empresa?
  • Chegaram a cotar o mesmo serviço com algum concorrente?
  • Quanto tempo levaram para fechar a compra?

Essas informações te ajudam a estabelecer algumas estratégias de atração de novos clientes. Se a maioria dos seus compradores atuais chega ao seu negócio ao ver anúncios online, por exemplo, aumentar e melhorar o investimento nesse canal é importantíssimo!

Não pare por aqui. Tente conseguir feedbacks, para validar o seu processo de vendas e o comportamento dos seus funcionários. Faça perguntas como:

  • O que acharam do atendimento?
  • O produto/serviço adquirido valeu o investimento?
  • Comprariam ou consumiriam novamente o que você vende?
  • Indicariam a sua empresa para amigos e familiares?

Assim, você pode encontrar pontos em que sua equipe precisa de treinamento e melhorar a satisfação dos seus clientes. É o primeiro passo para uma carteira fidelizada de compradores!

3. Espaço

O escritório é o espaço onde o seu negócio toma forma. Por isso, ele deve refletir os valores e objetivos da empresa. Se sua empresa é moderna e tecnológica, a mobília e a decoração precisam mostrar isso para qualquer pessoa que entre pelas portas do escritório.

Além da estética, invista também no conforto e usabilidade da empresa. Adeque as mesas e cadeiras seguindo as diretrizes da ergonomia, mantenha as estações de trabalho bem iluminadas e não se esqueça da climatização. Se o espaço não recebe muita ventilação natural, ar condicionados e ventiladores precisam ser avaliados.

Conte com a ajuda de um bom arquiteto e/ou designer de interiores. Esses profissionais são especialistas em combinar cores de forma harmoniosa, além de projetar móveis inteligentes para aproveitar todo o espaço disponível.

4. Equipe

Nos tópicos anteriores, falamos bastante sobre a sua equipe. A importância de pagar salários e benefícios justos, de garantir um bom espaço de trabalho e fornecer o treinamento necessário para trabalhar com eficiência.

Entretanto, isso não é suficiente. Não podemos falar em como gerenciar uma empresa sem mencionar a gestão de pessoas.

Lidar com pessoas não é tarefa fácil. Perfis diferentes têm necessidades e impulsos distintos, e tratá-los da mesma forma pode ser um erro fatal. É preciso trabalhar cada funcionário de maneira individual, mapear suas fraquezas e forças e moldá-las da melhor forma para o negócio prosperar.

Por isso, o seu processo de seleção precisa ser detalhado e estruturado. Selecione perfis compatíveis com o que a empresa precisa em cada posição, e sempre avalie se os traços e visões do profissional combinam com os objetivos e valores da empresa.

Dar feedbacks constantes à equipe é uma boa ideia; ouvir a opinião e insights da sua equipe, também. Esses momentos de troca de experiência são muito ricos, porque um funcionário tem uma visão totalmente diferente do seu negócio. Ao compartilhá-la, você pode encontrar novas fraquezas e pontos que precisam ser melhorados na estrutura e nos processos.

Melhore sua Gestão Estratégica com um MBA

E então, o que achou das nossas dicas de como gerenciar uma empresa? Esperamos que tenha gostado e possa aplicá-las no seu dia a dia. E se você tem outras dicas de gestão que funcionam para você, compartilhe conosco nos comentários!

Compartilhe

Deixe uma resposta