Conheça as 5 profissões em alta do mercado

Escolher uma carreira não é tarefa fácil. Afinal, vários fatores entram na conta: afinidade com a área, plano de carreira, remuneração, satisfação pessoal, oportunidades no mercado, profissões em alta… Tudo isso torna a escolha um verdadeiro desafio!

Pensando nisso, elaboramos este artigo com as 5 profissões em alta para os próximos anos, com base no aumento da necessidade e da importância desses profissionais em setores estratégicos da sociedade.

Antes de escolher sua carreira, conheça:

As 5 profissões em alta para os próximos anos

1 – Desenvolvedor de aplicativos e engenheiro de software

As profissões em alta relacionadas à tecnologia estão em crescimento expressivo nos últimos anos, e a tendência é que se mantenham assim por um bom tempo. Com a ascensão das novas mídias, os desenvolvedores e engenheiros de sistemas ganharam muito espaço no mercado, e bons profissionais são procurados a todo momento pelas empresas.

Mesmo as grandes empresas, mais conservadoras quando o assunto é adesão às novidades, já entenderam que o mercado digital é o futuro e estão se rendendo cada dia mais aos softwares e aplicativos, tornando essa uma das profissões em alta atualmente.

Por isso, se essa é a sua área de interesse, não tenha medo de investir em capacitação, porque trabalho não vai faltar!

2 – Marketing digital

Por falar em profissões em alta no mercado digital, o marketing para a internet já é uma realidade em grande parte dos segmentos. Para falar a verdade, não há um mercado que não possa se beneficiar dos canais de internet para se promover e atrair clientes, basta que conte com uma boa equipe de marketing para estudar as melhores práticas e as melhores estratégias.

Se profissionalizar em marketing digital é um projeto para toda a vida, pois as tecnologias continuarão evoluindo cada vez mais, demandando mais e mais dos usuários. Quem souber utilizá-las a seu favor estará em vantagem, e na competição do mercado, qualquer vantagem é mais que bem-vinda!

3 – Cientista de dados

Você sabia que todos os seus movimentos na internet são monitorados de alguma maneira? Todos os seus rastros são aproveitados, para os mais diversos fins:

  • publicidade direcionada;
  • melhorias de experiência de uso em plataformas;
  • coleta de dados para amostragem;
  • estudos e análise de sistemas.

Nessas iniciativas, é fundamental a presença de um cientista de dados. É ele quem vai interpretar todos os dados colhidos pelas empresas, e procurar usos possíveis para eles. Esses dados podem gerar desde mudanças nos sistemas até alterações completas nas estratégias de vendas e divulgação.

Por isso o cientista de dados está entre as profissões em alta nesse contexto informacional. As empresas buscam por maneiras de permanecerem em constante evolução, e a análise contínua de dados pode ser uma maneira bem oportuna de implementar essa cultura de aprimoramento.

4 – Gerontologia e Geriatria

Um dos dados mais alarmantes sobre a nossa sociedade atualmente é o de que até 2050 a população de idosos no Brasil deve triplicar. Isso se deve ao envelhecimento natural dos habitantes, associado a uma queda expressiva nas taxas de natalidade. Hoje as mulheres têm menos filhos por uma série de motivos, sendo a prioridade para o desenvolvimento profissional um deles.

Será importantíssimo contar com profissionais que possam cuidar da saúde de todos esses vovôs e vovós, em várias frentes:

  • cuidados paliativos, para garantir a qualidade de vida de pacientes com quadros de doenças terminais;
  • reabilitação de funções físicas, respiratórias e cognitivas;
  • prevenção de doenças associadas ao envelhecimento;
  • estudo dos efeitos do envelhecimento;
  • pesquisas e análises clínicas;
  • desenvolvimento de novas técnicas e tecnologias para o prolongamento da qualidade de vida.

Essa é uma enorme responsabilidade, e por mais que o ano 2050 pareça estar em um horizonte ainda muito distante, o mercado da geriatria e da gerontologia representa profissões em alta desde já.

Com as tecnologias disponíveis, já é possível conduzir pesquisas para entender o surgimento de determinadas doenças e condições, o que ajuda a desmistificar a ação do tempo sobre o nosso organismo. Ainda há muitas perguntas sem resposta, que tal ser parte dessas descobertas?

5 – Biotecnológo

O biotecnólogo é uma das profissões em alta mais importantes atualmente. É ele quem vai estudar as interações entre diferentes agentes biológicos, para encontrar maneiras de vencer pragas em plantações, fabricar medicamentos, desenvolver soluções alimentícias e muito mais.

Em um mundo cada vez mais preocupado com a saúde e a procedência dos alimentos, encontrar alternativas aos agrotóxicos, por exemplo, é uma prioridade para muitos cientistas.

As novas descobertas das ciências da saúde precisam de apoio para desenvolver medicamentos e vacinas, além de novos tratamentos para doenças e até curas impensáveis há alguns anos. Essa área tem muito espaço para crescer, e a demanda por profissionais engajados será enorme!

É claro que existem outras várias profissões em alta. Escolhemos essas para mostrar a expressividade da tecnologia nas projeções para o mercado do futuro, pensando não só em internet, mas principalmente nas relações sociais e na saúde dos indivíduos.

E aí, o que achou da nossa lista? Conhece outras profissões em alta que poderiam estar listadas aqui? Deixe abaixo nos comentários!

Compartilhe

Deixe uma resposta